Internacional

SUSTENTABILIDADE: Acordo sobre transição energética entre Brasil e Alemanha conta com a participação do Ministério dos Transportes

Publicado

em

Comprometidos com a descarbonização do setor de transportes, os governos do Brasil e da Alemanha firmaram um acordo nesta segunda-feira (4) pela transição energética sustentável com foco no segmento. O “Memorando de Entendimento sobre o Estabelecimento de Diálogo Estratégico de Alto Nível sobre Ambição e Ação Climática” foi assinado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e pelo primeiro-ministro alemão, Olaf Scholz, e foi desenvolvido com a colaboração do corpo técnico do Ministério dos Transportes.

O subsecretário de Sustentabilidade da pasta, Cloves Benevides, participou da reunião de negociações intergovernamentais Brasil-Alemanha, em Berlim, na Alemanha, onde a parceria foi firmada. “O Ministério dos Transportes se insere num dos acordos mais robustos, mais estratégicos e mais transformadores para a política de descarbonização estabelecida entre os governos brasileiro e alemão”, afirmou o subsecretário de Sustentabilidade.

As próximas etapas de cooperação entre os países preveem reuniões entre equipes técnicas do Ministério dos Transportes, do governo brasileiro e de instituições alemãs.

“Avançamos rumo a uma inovação no âmbito da infraestrutura de transportes, vamos impulsionar a discussão sobre a descarbonização. Para a Subsecretaria de Sustentabilidade, uma nova mudança de paradigma acontece”, celebrou Cloves Benevides.

READ  Governo muda norma para cobrar tributos sobre preços de transferência

Brasil-Alemanha
A cooperação bilateral Brasil-Alemanha envolve mais de 50 iniciativas, entre projetos regulares e atividades desenvolvidas no Brasil, resultantes de programas regionais e globais da cooperação alemã, em quatro áreas principais: florestas; energias renováveis e eficiência energética; desenvolvimento urbano sustentável e educação vocacional.

As ações de cooperação envolvem 13 ministérios brasileiros, além de órgãos de quatro governos estaduais e cinco da administração pública/privada.
A Alemanha é um dos parceiros mais tradicionais do Brasil no âmbito da cooperação técnica internacional e permanece sendo o maior provedor bilateral de cooperação técnica e financeira.

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA