Agro

Governo de Goiás apresenta potencial de produção de arroz a missão chinesa 

Publicado

em

Guiada por vice-governador e titular da Seapa, comitiva da China conhecerá políticas públicas e pesquisas relacionadas à cultura, além de visitar municípios que se destacam na produção do grão 

O vice-governador do Estado de Goiás, Daniel Vilela, e o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Pedro Leonardo Rezende, recebem, na segunda-feira (22/1), uma comitiva chinesa composta por membros da Universidade Agrícola de Yunnan (YAU), que passará a semana em visita a Goiás. O objetivo é apresentar aos representantes do país asiático, o principal parceiro comercial do estado, o potencial goiano de produção de arroz e discutir parcerias para fortalecer a cultura.

A programação da missão, que seguirá até quinta-feira (25/1), abrange visitas a estações experimentais e laboratórios de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Arroz e Feijão; palestras de autoridades no assunto e mesa-redonda com produtores de arroz na Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg); além de visitas a plantações no município de Flores de Goiás e em Luiz Alves, distrito de São Miguel do Araguaia, que se destacam na produção do grão em Goiás.

READ  Governo do Tocantins corrige erosão na TO-222 que liga Araguaína a Filadélfia, na região nordeste do Estado

“Estamos honrados em receber, mais uma vez, a comitiva chinesa em Goiás. Esta visita será uma excelente oportunidade para compartilharmos o potencial do nosso estado na produção desse grão fundamental, na esperança de fortalecer ainda mais os laços com a China, nosso principal parceiro no comércio exterior de produtos agrícolas. Estamos confiantes de que essa colaboração que buscamos resultará em benefícios significativos para ambas as partes, consolidando ainda mais nossa posição como um importante polo mundial na produção agrícola”, destaca o secretário Pedro Leonardo Rezende.

Produção goiana

Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgados no 4º Levantamento para a safra 2023/24, Goiás possui uma área de 16,0 mil hectares dedicada à cultura de arroz. Com uma produtividade estimada em 5,5 toneladas por hectare, espera-se alcançar 88,2 mil toneladas do grão na safra 2023/24, o que representa um crescimento de 8,1% em relação à safra anterior.

Os municípios de Flores de Goiás e São Miguel do Araguaia são alguns dos destaques goianos na produção. De acordo com a pesquisa Produção Agrícola Municipal, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na safra 2022, Flores de Goiás alcançou uma produção de 60,3 mil toneladas de arroz, enquanto São Miguel do Araguaia, município do qual o distrito de Luiz Alves faz parte, obteve 26,3 mil toneladas.  

READ  Em Brasília, Caiado busca apoio para projeto de fruticultura no Nordeste goiano

SERVIÇO

Comitiva chinesa visita Goiás

Programação:

22/1 (segunda-feira) 

9h: Recepção do vice-governador Daniel Vilela no Palácio Pedro Ludovico Teixeira (Rua 82, 400, Setor Central – Goiânia-GO)

11h: Visita à Embrapa Arroz e Feijão (Rodovia GO-462, km 12, Zona Rural – Santo Antônio de Goiás-GO)

23/1 (terça-feira): Visita a propriedades produtoras de arroz em Flores de Goiás

24/1 (quarta-feira): Programação de palestras na Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) (Rua 87, 708, Setor Sul – Goiânia-GO)

25/1 (quinta-feira): Visita a complexo de irrigação de Luiz Alves (São Miguel do Araguaia)

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA