Educação

Renovação do Programa Universitário do Bem vai até 31 de janeiro

Publicado

em

A renovação é um dos requisitos obrigatórios para a permanência do bolsista no no programa deste semestre (2024/1)

Os estudantes contemplados com a bolsa oferecida pelo Programa Universitário do Bem (ProBem), do Governo de Goiás, têm de 05 a 31 de janeiro de 2024 para acessar o endereço eletrônico www.ovg.org.br/probem e atualizar o cadastro, de acordo com os dados solicitados pelo sistema. A renovação é um dos requisitos obrigatórios para a permanência do bolsista no quadro de beneficiários deste semestre (2024/1).

Para efetivar a renovação, os universitários precisam concluir três etapas: atualização de dados, envio eletrônico de documentos e preenchimento da pesquisa de satisfação. Ao final do processo, o bolsista terá à disposição, para salvar ou imprimir, o comprovante que é o Termo de Renovação. Em caso de dúvidas, o estudante pode entrar em contato com a central de relacionamento do ProBem pelo telefone (62) 3270-8500 para residentes da capital ou 0800 062 9413 para beneficiários do interior, ou ainda por meio do WhastApp (62) 9 9641 6090.

READ  Prefeitura de Caldas Novas lança Programa Bolsa Universitária Municipal

ProBem
O ProBem representa oportunidade de acesso ao ensino superior a milhares de jovens em situação de vulnerabilidade social, por meio da concessão de bolsas de estudos de 50% a 100% do valor da mensalidade.

Contribui para a promoção da justiça social, o desenvolvimento econômico do estado e a integração dos universitários e recém-formados ao mundo do trabalho por meio de estágios e ações sociais do Banco de Oportunidades. O Programa ainda incentiva a participação em atividades extracurriculares e ações sociais práticas. Em 2023, 14.823 estudantes foram beneficiados pelo ProBem.

Serviço:
Assunto: Renovação do Programa Universitário do Bem vai até dia 31 de janeiro
Quando: 05 a 31 de janeiro de 2024
Onde: www.ovg.org.br/probem

Foto: Aline Cabral / Organização das Voluntárias de Goiás – Governo de Goiás

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA