Esportes

Ministra Ana Moser embarca rumo à Copa do Mundo de Futebol Feminino

Publicado

em

Titular do Esporte acompanha a abertura do torneio e a estreia da seleção. Ministra articula para trazer ao Brasil a edição de 2027 do Mundial

A ministra do Esporte, Ana Moser, embarcou nesta segunda-feira, 17/7, para a Oceania. Ela e uma comitiva do Ministério do Esporte vão acompanhar a abertura da Copa do Mundo Feminina em partida entre Nova Zelândia e Noruega, na quinta-feira, 20/7, e o primeiro jogo da seleção brasileira, na segunda, 24/7, contra o Panamá.

Ana Moser recebeu do presidente Lula a missão de representar o Governo Federal na Austrália e na Nova Zelândia e de realizar articulações para trazer ao país o primeiro mundial feminino da América do Sul, em 2027.

“A grande novidade para o futebol feminino mundial seria a primeira Copa do Mundo da América do Sul. É uma região que tem um campo de crescimento grande para o futebol feminino. Para nós, no Brasil, seria importantíssimo, na medida em que a gente tem priorizado o desenvolvimento do futebol feminino, com uma estratégia de apoio ao desenvolvimento da modalidade, que estamos para apresentar”, disse a ministra.

A Estratégia Nacional de Futebol Feminino, assinada pelo presidente Lula em 30 de março deste ano, apresenta condições de disputa de campeonatos internos, pensa em planos de carreira de atletas, amplia metodologias, especializações, espaços de iniciação esportiva e centros de treinamento.

READ  'BBB 21': Ex-jogador de futebol sobre polêmicas: "Não confundam Conca com Conká"

MUNDIAL – Na Austrália e na Nova Zelândia, 32 seleções disputam o título a partir do dia 20 de julho. O Brasil está no Grupo F, ao lado de França, Jamaica e Panamá. A estreia das comandadas pela técnica Pia Sundhage será no dia 24 de julho, contra o Panamá, a partir das 8h (de Brasília), na cidade de Hindmarsh, na Austrália.

Na sequência, a equipe enfrenta a França, no dia 29, em Melbourne, e fecha a participação na fase de grupo contra a Jamaica, no dia 2 de agosto. Como na regra habitual dos Mundiais, duas equipes se qualificam para a fase de mata-mata em cada grupo. A decisão está marcada para 20 de agosto, no Estádio Olímpico de Sydney.

EXPEDIENTE – A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, confirmou nesta segunda-feira que, a pedido da ministra Ana Moser e por ordem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, haverá uma possibilidade de alteração no horário de expediente de servidores públicos nos dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo. Quem optar por ver os jogos, pode chegar duas horas após o apito final.

READ  Faça hoje mesmo a pizza mais fácil do mundo! Uma massa maravilhosa de fazer!

“A alteração de horário é opcional dos servidores e as horas têm de ser repostas. É a mesma medida administrativa realizada nos dias de jogos da seleção masculina de futebol na Copa, o que garante equidade de tratamento do esporte feminino”, afirmou Esther Dweck pelo seu perfil no Twitter.

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA