Ação Social

Goiás Social e OVG capacitam municípios para ações sociais

Publicado

em

OVG e Goiás Social iniciam capacitação para agentes sociais de municípios goianos. Objetivo é fortalecer ações de combate às desproteções sociais em todo o estado

Curso é voltado para agentes sociais de todos os 246 municípios goianos e ministrado por professores mestres e doutores ligados à Organização das Voluntárias de Goiás. Primeiras turmas seguem até 19 de abril, quando novas vagas serão abertas

Responsáveis por levar ações sociais a famílias em vulnerabilidade dos 246 municípios goianos, o Goiás Social e a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) deram início a uma nova ação de combate às desproteções sociais: a capacitação de agentes que atuam nos municípios. O público-alvo inicial é composto por primeiras-damas, assistentes sociais, psicólogos, educadores sociais e demais profissionais que atuam nos órgãos e entidades vinculados ao Sistema Único de Assistência Social (Suas) no estado. Gestores públicos, estudantes e pesquisadores sobre assistência social já iniciaram a formação, que é ministrada por professores mestres e doutores ligados ao Governo de Goiás.

“O compromisso assumido pelo governador Ronaldo Caiado para romper com o ciclo da pobreza no estado é o que tem norteado o trabalho do Goiás Social nos últimos 5 anos. E isso só é possível, pois temos trabalhado com foco na capacitação social e em busca de resultados reais na vida das famílias goianas”, destacou a presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado.

READ  Governo investe R$ 50 milhões em quatro Casas da Mulher Brasileira na Bahia

A primeira turma do curso iniciou as aulas no dia 12 de março e segue até 19 de abril, quando novas vagas serão disponibilizadas. O conteúdo é norteado pelo caderno Goiás: Fortalecendo Redes de Proteção Social, da série Debates Sociais, criada sob a supervisão de Gracinha Caiado.

Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Jaraguá, município a 120 quilômetros de Goiânia, Antônia Ramos garantiu que essa é uma oportunidade de suma importância para o bom desenvolvimento da assistência social. “Já nos sentimos mais preparados para desenvolver nosso trabalho com profissionalismo, ao aprofundar os estudos teóricos, ao mesmo tempo em que podemos conhecer e discutir casos práticos sobre o atendimento às pessoas que mais precisam”, avaliou ela. Ainda segundo a gestora, o cuidado com o serviço que é ofertado pelo estado aos municípios “é reflexo de uma gestão que cuida verdadeiramente das pessoas, oferecendo uma base sólida para que ninguém fique desamparado”.

Debates Sociais
Os Debates Sociais, instituídos em agosto de 2020, têm a função de reforçar a promoção e integração com os municípios para combater, de forma mais efetiva, as desigualdades e as desproteções sociais. Por meio da OVG e do Goiás Social, as oficinas, os cursos e os minicursos têm gerado mudanças reais na vida de milhares de famílias. “Foi por meio dessas ações, realizadas em conjunto com as prefeituras, que conseguimos implementar programas com grande alcance, como Mães de Goiás, Bolsa Estudo, Dignidade, Aluguel Social, NutreBem, ProBem e tantos outros. É por tudo isso que hoje somos o segundo estado que mais reduziu o índice de pobreza em todo o país”, recordou Gracinha Caiado.

READ  Goiás recebe 132,8 mil vacinas nesta sexta-feira

Fotos: Divulgação / Organização das Voluntárias de Goiás – Governo de Goiás

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA