Agro

Caiado reforça importância de projeto educativo Agrinho, da Faeg

Publicado

em

Governador participa de premiação do Agrinho 2023, que reconhece melhores iniciativas de escolas públicas para desenvolver o campo de forma sustentável

“Goiás hoje é exemplo para o país. O trabalho da Faeg é muito importante pela representatividade que ela tem e por sua capacidade de transformar vidas e qualificar pessoas no interior do estado”, disse o governador Ronaldo Caiado nesta sexta-feira (1°/12). A fala é uma referência à parceria do Estado, por meio da rede pública de ensino, com o Programa Agrinho, da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg). Na edição deste ano, a iniciativa premiou 300 alunos e professores.

Caiado participa de premiação do Programa Agrinho, em Goiânia

Caiado participa de premiação do Programa Agrinho, em Goiânia

Durante cerimônia realizada nesta manhã, no Centro de Convenções da PUC Goiás, o presidente do Sistema Faeg/Senar/Ifag, José Mário Schreiner, destacou que o desenvolvimento do projeto e o avanço na produção rural só foram possíveis graças ao trabalho do Governo de Goiás para restabelecer a segurança no campo. “Hoje, com a patrulha rural, temos a tranquilidade de viver com a nossa família no campo, temos infraestrutura”, disse.

READ  Projeto que institui sistema de informação sobre idosos vai para segunda votação

A competição envolveu mais de 2 mil alunos, educadores e gestores escolares dos 246 municípios goianos. O Prêmio Agrinho é realizado há 16 anos como uma ação de educação e responsabilidade social do Sistema, e já atingiu a marca de 2 milhões de alunos, 82 mil professores (e gestores escolares) e 9 mil instituições de ensino participantes. Este ano, o tema foi “Acolher, empreender e preservar”. Entre os prêmios, os estudantes ganharam dois carros e duas motos zero km.

Prevenção
Caiado aproveitou a oportunidade para convocar a comunidade escolar para um reforço no combate à dengue em todo o estado. O chefe do Executivo alertou que o país vem registrando casos da doença com o sorotipo 3, que pode ser mais grave que as outras formas mais comuns. “Tenha atenção na sua casa. Se tem algum local que você suspeita que é área pública, denuncie. Vocês sabem que o problema da dengue não é só de governo, mas também da sociedade e do cidadão”, enfatizou.

Fotos: Lucas Diener / Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA