Search
Close this search box.

Cidades

Prefeitura de Goiânia lança campanha “Se beber, não dirija” para conscientizar sobre segurança no trânsito durante o Carnaval

Publicado

em


A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), lançou, nesta sexta-feira (25/02), a campanha “Se beber, não dirija”. O objetivo é conscientizar condutores a respeito dos riscos da mistura de álcool e direção, neste feriado de Carnaval.

Agentes de trânsito visitaram bares da Capital e conversaram com frequentadores sobre a necessidade de responsabilidade no trânsito. “Temos o compromisso de proteger a vida e garantir segurança no trânsito”, afirma o prefeito Rogério Cruz.

O gerente de Educação para o Trânsito, Horácio Ferreira, explica que o foco é evitar que aconteçam acidentes que envolvam álcool e direção. “Essa é uma combinação que pode gerar vítimas fatais em função da falta de atenção e reflexo. Queremos conscientizar o condutor. Ele pode se divertir, mas no trânsito é necessário responsabilidade”, afirma.

Horácio explica que a campanha é atemporal e seguirá ao longo do ano. “O fator ingestão de álcool e direção não ocorre somente no período do Carnaval. Nosso objetivo é dar continuidade a esse trabalho”, afirma.

Lei Seca X Estatísticas

READ  Prefeitura de Goiânia orienta feirantes sobre acondicionamento correto do lixo, durante programação da Semana da Compostagem 2022

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece limite zero para o consumo de álcool pelos motoristas e impõe penalidades severas para quem infringe a norma. Apesar disso, o número de multas de trânsito por embriaguez mais do que dobrou no Brasil em 2021, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). De janeiro a julho deste ano, quase 55 mil motoristas foram autuados por dirigirem sob efeito de álcool, após a flexibilização da quarentena.

Dirigir sob efeito de álcool é, de acordo com o Art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), infração gravíssima. Se constatado com embriaguês, o motorista é penalizado com multa de R$ 2.934,70. Além disso, pode ter suspenso o direito de dirigir por 12 meses. Em caso de reincidência no espaço de tempo de um ano, a multa é dobrada, ou seja, chega a R$ 5.869,40.

Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) – Prefeitura de Goiânia

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA