Agro

IMB projeta PIB goiano com maior nível de atividade econômica da história

Publicado

em

Projeções divulgadas pelo Instituto Mauro Borges indicam crescimento entre 3,7% e 5,5% em 2023

O Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB), vinculado à Secretaria-Geral de Governo (SGG), divulgou Nota Executiva com os cenários para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano. Os resultados para a evolução do PIB goiano são animadores e apontam que Goiás poderá alcançar o crescimento acumulado de até 5,5% em 2023.

PIB goiano deve atingir maior nível de atividade econômica da história pelo segundo ano consecutivo

PIB goiano deve atingir maior nível de atividade econômica da história pelo segundo ano consecutivo

Foram adotados cinco cenários para o exercício da projeção do PIB anual, onde, se mantido o bom desempenho econômico, o crescimento ficará entre 3,7% e 5%, podendo alcançar até 5,5% em um cenário mais otimista. As projeções apontam que, independentemente do cenário adotado, existem fortes evidências de que Goiás atingirá o maior nível de atividade econômica da história pelo segundo ano consecutivo.

“O PIB representa toda a riqueza gerada em nosso Estado. O seu crescimento reflete em nossa dinâmica econômica, que se materializa em mais empregos e renda para a população. Estamos empenhando esforços no sentido correto, gerando riquezas para Goiás e permitido o avanço em diversos setores”, avalia o secretário-geral de Governo, Adriano da Rocha Lima.

READ  Confiança da indústria sobe pelo segundo mês, diz FGV

Setores Econômicos
Segundo a análise setorial do PIB, o resultado acumulado do ano apresentou crescimento em todos os setores econômicos. O grande destaque foi para o setor da Agropecuária, que apresentou uma taxa acumulada no ano de 12,7%. O resultado é reflexo da maior produção agrícola goiana da história, segundo dados da projeção do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do IBGE, divulgado em setembro de 2023.

Emprego e renda
Até julho deste ano, foi constatado a geração de cerca de 70 mil empregos formais no Estado, conforme dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números estão associados a um crescimento de 14,3% na renda média do trabalhador goiano no 2° trimestre de 2023. No período, também foi evidenciado a menor taxa de desocupação (6,1%) em nove anos, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios Contínua (Pnad-C) trimestral.

Metodolodia
O IMB utilizou cinco cenários hipotéticos para o exercício de projeção do PIB anual de 2023, considerando os valores observados entre janeiro e julho, visto que o crescimento no período pode gerar repercussões para o crescimento do restante do ano: cenário 1 – crescimento nulo no restante do ano; cenário 2 – crescimento médio de 1%; cenário 3 – crescimento médio de 2%; cenário 4 – crescimento médio de 3%; e cenário 5 – crescimento médio de 4%.

READ  Trabalhadores nascidos em abril podem sacar auxílio emergencial

“Poucos indicadores econômicos são tão importantes para a sociedade quanto o PIB. Ao divulgarmos os cenários para o crescimento do PIB Goiano em 2023, contribuímos para a geração de conhecimento e fornecemos informações relevantes para munir os gestores públicos e a população em geral com as análises que nos permitem entender melhor a evolução do nosso Estado”, destaca o diretor-executivo do IMB, Erik Figueiredo.

Fotos: Enio Tavares / Secretaria-Geral de Governo – Governo de Goiás

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA