Saúde

Governo de Goiás inicia campanha Dezembro Vermelho e intensifica luta contra Aids

Publicado

em

Mês de alerta para doença e demais infecções sexualmente transmissíveis tem abertura realizada nesta sexta-feira, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, com testagens rápidas e distribuição de preservativos

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), realizou a abertura oficial da campanha Dezembro Vermelho, nesta sexta-feira (1º/12), Dia Mundial de Luta contra a Aids. O evento, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, contou com distribuição de preservativos e testagens rápidas de HIV, sífilis, hepatites B e C para servidores e visitantes.

Distribuição de preservativos e realização de testes rápidos marcam abertura oficial do Dezembro Vermelho, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira

Distribuição de preservativos e realização de testes rápidos marcam abertura oficial do Dezembro Vermelho, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira

A data é celebrada no Brasil desde 1988, para intensificar as atividades de combate à HIV/Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). “As ações já ocorrem durante todo o ano, em vários lugares. Em dezembro, elas se intensificam”, lembra a superintendente de Políticas Públicas e Atenção Integral à Saúde da SES-GO, Paula dos Santos Pereira. O servidor público Yunini Terena foi uma das pessoas que compareceram para a realização dos testes. “Muita gente tem medo de fazer a testagem, e é importante esse tipo de ação, para esclarecer, conscientizar e, principalmente, prevenir”, afirmou.

READ  Prefeitura de Goiânia decreta ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro

Segundo o boletim de ISTs da SES-GO, de 2018 até 2023, 1.718 pessoas morreram no Estado pela aids e mais da metade eram jovens do sexo masculino. No mesmo período, foram registradas 9.850 notificações de HIV, das quais cerca de 8 mil em homens de 20 a 49 anos. A secretaria reforça a importância das testagens para garantir o acompanhamento dessas pessoas. “Quem faz o teste com regularidade e busca tratamento em tempo certo, ganha muito em qualidade de vida”, pontua a superintendente, ressaltando também a importância da prática de sexo seguro com preservativos.

Os testes oferecidos durante as ações da secretaria são também realizados em unidades básicas de saúde e nos 20 Centros de Testagens e Aconselhamento (CTAs) em Goiás. Após o teste, se a pessoa necessitar de acompanhamento, é encaminhada a um dos 17 Serviços de Assistência Especializada (SAE) em funcionamento no estado. Se o município não dispuser de CTA, a pessoa pode ser atendida nas unidades de saúde que realizam testes, conforme explica a coordenadora de Assistência às IST/Aids e Hepatites Virais, Polyanna Ribeiro Guerreiro.

READ  Thiago Albernaz inicia reunião da Comissão de Finanças

A coordenadora lembra que, durante todo o mês de dezembro, estão programadas ações de testagens e palestras sobre prevenção HIV e ISTs em vários locais já agendados, como empresas e algumas unidades hospitalares do Estado. “O trabalho da Secretaria Estadual é a realização contínua de campanhas de prevenção, palestras, distribuição de materiais informativos e testagens extramuros, como forma de divulgação, prevenção e diagnóstico em todos os municípios goianos”, pontua.

Fotos: Iron Braz / Secretaria de Estado da Saúde – Governo de Goiás

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA