Search
Close this search box.

Cultura

Goiânia recebe mais de R$ 12 milhões em recursos federais da Lei Paulo Gustavo

Publicado

em

A Prefeitura de Goiânia recebeu recursos federais no valor de R$ 12.114.588,83 da Lei Paulo Gustavo (Lei Complementar nº 195, de 08 de julho de 2022), uma das ações emergenciais destinadas exclusivamente ao setor cultural para suprir dificuldades em decorrência dos efeitos econômicos e sociais causados pela pandemia da Covid-19.

Os recursos serão administrados e encaminhados aos artistas pela Secretaria Municipal de Cultural (Secult), que desde o mês de março, em parceria com o Conselho Municipal de Cultura (CMC), realiza consultas públicas para ouvir sugestões da classe cultural para a sua destinação.

O prefeito Rogério Cruz comemorou mais esta oportunidade de fortalecimento da cultura goianiense. “Preparem seus projetos, suas propostas e documentação de praxe para a inscrição muito em breve”, afirmou.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio, a equipe responsável já está elaborando os editais a serem publicados para inscrição dos artistas da capital. “Mais uma excelente notícia para a classe artística de Goiânia. Estamos empenhados em soltar os editais o quanto antes”, assinalou.

Do total dos recursos, a Lei Paulo Gustavo prevê para Goiânia o valor de R$ 8.621.952,87 para o audiovisual e de R$ 3.492.635,96 para outras áreas.

“A diferença da Paulo Gustavo para outras leis de incentivo cultural é que o dinheiro cai direto na conta do artista e a burocracia é bem menor em relação aos processos de captação e prestação de contas. O edital será para todas as áreas, sem exceção e poderão se inscrever pessoas físicas e jurídicas”, explica o secretário Zander Fábio.

Foto: Secult

Comentários do Facebook
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA