Turismo

Brasil transporta 7,3 milhões de passageiros em maio, recorde para o mês desde 2015

Publicado

em

Ao longo dos cinco primeiros meses de 2023, o Brasil já registrou 36,6 milhões de passageiros. Informações do mercado doméstico apontam superação dos níveis pré-pandemia pela primeira vez

Os dados de maio de 2023 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) apontam que o setor aéreo segue em plena recuperação dos seus  indicadores. Foram 7,3 milhões de passageiros, a maior movimentação para o mês de maio desde 2015, quando foram transportados 7,6 milhões de viajantes. Ao longo dos cinco primeiros meses de 2023, o Brasil já registrou 36,6 milhões de passageiros.  

A demanda, medida por passageiros-quilômetros pagos transportados (RPK), e a oferta por voos, aferida por assentos-quilômetros ofertados (ASK), superaram pela primeira vez, juntos, os índices de 2019, ano pré-pandemia de Covid-19.

A demanda (RPK) doméstica, em maio de 2023, foi 7% maior do que a registrada em maio de 2019, o primeiro mês em que o índice é superior ao registrado antes da pandemia de Covid-19. Já a oferta (ASK) representou aumento de 13,8%, quando comparado ao mesmo período de 2019, o que já tinha acontecido em fevereiro de 2023. Os dados do transporte aéreo estão disponíveis para acesso no Painel de Demanda e Oferta, atualizados mensalmente pela ANAC. 

READ  Sedi recebe comitiva de Taipei no Brasil

Carga – O transporte de carga internacional continua o ritmo de crescimento e registrou um índice de 9,6% acima do que o apurado no mesmo período de 2019.  Os resultados do mercado do transporte aéreo brasileiro estão comparados com o ano de 2019, ano pré-pandemia de Covid-19, para retratar a realidade do transporte aéreo antes de ser atingido pela restrição de mobilidade da população. Os dados monitorados pela ANAC continuarão a ser apresentados nessa base de comparação até o final de 2023. 

Comentários do Facebook
Propaganda

CIDADES

PLANTÃO POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

MAIS LIDAS DA SEMANA