Política

  • Governo anuncia o fim do programa Goiás na...

    A decisão é a partir da assinatura do decreto 9.436. Verbas que retornarem aos cofres públicos deverão ser utilizadas para obras tidas como prioritárias.


     O Governo de Goiás anunciou, na tarde de hoje (30), o fim do programa Goiás na Frente. A decisão foi oficializada com a assinatura meio do decreto 9.436, assinado ontem (29). O documento suspende a execução de todos os 395 convênios firmados. Eles devem ser sejam concluídos, rescindidos, denunciados ou alterados em até 90 dias. As notificações para as 221 prefeituras começarão nesta quinta-feira (2).  Para o secretário do Governo, Ernesto Roller, o principal objetivo é fazer com que o dinheiro que não foi utilizado em obras pelos municípios retorne para os cofres... .saiba mais...

  • Além de mudança no Coaf, Congresso debate a...

    Medida proposta pelo PSL é vista como possível 'rasteira' no ministro da Justiça Sergio Moro.


     Além da retirada do Conselho de Controle de Atividades Financeiras ( Coaf ) do Ministério da Justiça, o Congresso discute de forma avançada a recriação da pasta da Segurança Pública, outra medida tomada na reforma administrativa feita pelo presidente Jair Bolsonaro. A pasta foi anexada à da Justiça e a sua recriação é vista no Congresso como uma “rasteira” no ministro Sergio Moro.  A proposta de recriação da pasta foi feita pelo líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP). Integrante da comissão especial que analisa a Medida Provisória que trata do tema, ele reafirmou ao GLOBO que defenderá a... .saiba mais...

  • A revogação do Acordo Ortográfico será um retrocesso...

    Educação será prejudicada, assim como a imagem da Nação Única área beneficiada será a editorial


    Daniele Flöter A Comissão de Educação da Câmara de Deputados aprovou um requerimento de audiência pública para discutir com a sociedade a possibilidade de revogar o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Assinado por sete países e encabeçado pelo Brasil em 2006, esse acordo deve gerar impacto negativo na alfabetização brasileira e em relação ao Direito Internacional. Para o autor dos livros “A nova ortografia da língua portuguesa” e “Na ponta da língua” e professor Carlos André, que participou como representante da OAB Nacional no Senado da República no Acordo Ortográfico e em reuniões em Portugal sobre o... .saiba mais...

  • Nenhum novo imposto será criado, em especial para...

    Anúncio foi feito em sua conta do Twitter após declaração do secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, à Folha de São Paulo, sobre a criação de um novo imposto que...


     O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou em um vídeo na sua conta no Twitter que foi surpreendido com declaração do secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, sobre a criação de um tributo para igrejas. Em entrevista à Folha de S.Paulo, Cintra disse que pretende substituir a tributação da folha de pagamento por um imposto sobre transações financeiras que atingiria todos, até igrejas.  “Fui surpreendido nessa manhã com a declaração do nosso secretário da Receita que seria criado um novo imposto para as igrejas. Quero me dirigir a todos vocês que essa... .saiba mais...

  • Comissão especial definirá calendário para reforma da Previdência

    Primeira reunião de líderes ocorrerá nesta terça-feira (30). Entre os temas polêmicos, parlamentares vão definir se a proposta vai ser fatiada em sub-relatorias.


     O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), reúne-se com lideranças partidárias amanhã (30) para definir um calendário para os trabalhos da comissão. Instaurado na semana passada, o colegiado terá a primeira reunião ordinária em 7 de maio, às 14h30.Marcelo Ramos se reunirá com o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 6/2019), deputado Samuel Moreira (PSDB-SP); o vice-presidente do colegiado, deputado Silvio Costa Filho (PRB-PE), e líderes dos partidos que compõem o colegiado. Em uma semana com poucas atividades legislativas por causa do... .saiba mais...

  • Ronaldo Caiado (DEM) defende união de prefeitos e...

    Caiado afirmou que é tarefa das três esferas federativas "reconstruir" o País e destacou que governos estaduais e prefeituras já se encontram em "condições de ingovernabilidade".


     O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), defendeu, em artigo hoje (28), que governadores e prefeitos devem ter protagonismo na defesa da reforma da Previdência, independentemente da posição ideológica. Caiado afirmou que é tarefa das três esferas federativas “reconstruir” o País e destacou que governos estaduais e prefeituras já se encontram em “condições de ingovernabilidade”.  “A reforma da Previdência e o ajuste fiscal, portanto, se impõem como emergências e para além das divergências, sejam quais forem Nesse sentido, não existem governadores ou prefeitos de oposição; todos estão na mesma situação, todos... .saiba mais...

  • Hildo do Candango e prefeitos do Entorno lutam...

    O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB) e prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, acompanhado dos demais prefeitos dos municípios que compõem a Região...


    O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB) e prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, acompanhado dos demais prefeitos dos municípios que compõem a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride) participaram de uma reunião no Palácio do Planalto.A reunião com o Ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a pedido do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, teve como pauta investimentos destinados à Ride e o fortalecimento dos municípios.Na ocasião, Ronaldo Caiado falou das dificuldades que os governos têm enfrentado, mas que ainda... .saiba mais...

  • Ministro assina na CAS portaria que libera distribuição...

    Assuntos Sociais


    A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) receberá na quarta-feira (24) o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O ministro assinará no Senado a Portaria do Ministério da Saúde que regulamenta a disponibilização, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), do remédio Spinraza, destinado aos pacientes da doença rara amiotrofia muscular espinhal (AME). A doença compromete o funcionamento de músculos e órgãos.Em março, Mandetta esteve no Senado para audiência pública e ouviu depoimento de pacientes que precisam do remédio, de alto custo, para sobreviver. O Ministério comprará o medicamento na modalidadecompartilhamento de... .saiba mais...

or
or