Internacional

  • Home
  • Internacional
  • Presidente da Bolívia condena “tentativa de golpe” na...

    Por meio de sua conta pessoal no Twitter, o mandatário boliviano acusou o governo dos Estados Unidos de estar por trás da instabilidade política no país governado por Nicolás Maduro.


     O presidente da Bolívia, Evo Morales, condenou, nesta terça-feira (30), o que classificou como uma “tentativa de golpe de Estado” na Venezuela. Através de sua conta pessoal no Twitter, o mandatário boliviano acusou o governo dos Estados Unidos de estar por trás da instabilidade política no país governado por Nicolás Maduro.  “Com sua ingerência e promovendo golpes de Estado, os Estados Unidos buscam provocar violência e morte na Venezuela, não importando as perdas humanas, mas apenas seus interesses”, relatou Morales ao condenar “energicamente” o que classificou como tentativa de golpe “por... .saiba mais...

  • Governo tenta desarticular tentativa de golpe de Estado,...

    Manifestação ministerial foi postada poucos instantes após o presidente da Assembleia Nacional, deputado e autodeclarado presidente interino, Juan Guaidó, divulgar uma mensagem em vídeo conclamando a população a sair às...


     O ministro de Comunicação, Turismo e Cultura da Venezuela, Jorge Jesús Rodríguez, informou há pouco, em sua conta pessoal no Twitter, que o governo tenta desarticular uma “tentativa de golpe de Estado”.  “Informamos ao povo da Venezuela que, neste momento, estamos enfrentando e desativando um reduzido grupo de militares traidores que se posicionaram para promover um golpe de Estado contra a Constituição e a paz da República”, alegou Rodríguez.  A manifestação ministerial foi postada poucos instantes após o presidente da Assembleia Nacional, deputado e autodeclarado presidente interino, Juan Guaidó, divulgar uma mensagem... .saiba mais...

  • Ebola mata 865 pessoas no Congo

    De acordo com nota do governo, existem agora 263 casos suspeitos da doença sob investigação. Desde a semana passada, foram registrados mais 22 novos casos confirmados.


     O número de mortes causadas pelo contágio do vírus Ebola, na província de Kivu Norte, no nordeste da República Democrática do Congo, aumentou para 865 no último fim de semana, informou o Ministério da Saúde do país.  O governo, que combate a epidemia com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e organizações não governamentais, registrou, desde o início da epidemia, 865 mortes, 66 possivelmente causadas pelo Ebola, e 410 pessoas curadas.  O registro de casos de contágio do vírus Ébola cresceu na última semana, fixando-se em1.439, dos quais 1.373 confirmados e 66... .saiba mais...

  • Maior parte de suspeitos de atentados no Sri...

    Uma semana depois da onda de violência que atingiu hotéis e igrejas da ilha no Oceano Índico, o primeiro-ministro garante que o país está pronto para “voltar à normalidade”.


     A maioria dos suspeitos pela onda de atentados no Sri Lanka está morta ou foi detida. A garantia foi dada hoje (28) pelo primeiro-ministro cingalês, Ranil Wickremesinghe. Em comunicado, ele afirmou que as forças de segurança estão concluindo as investigações e as ações contra os islamistas radicais ligados aos atentados do último dia 21.  Uma semana depois da onda de violência que atingiu hotéis e igrejas da ilha no Oceano Índico, o primeiro-ministro garante que o país está pronto para “voltar à normalidade”. Ele declarou que os atentados, que deixaram 253... .saiba mais...

  • Trump anuncia saída de tratado contra armas ilegais

    De acordo com porta-voz da ONU, o acordo é o "único instrumento em escala mundial que busca melhorar a transparência e a responsabilidade no comércio de armas".


     Os Estados Unidos prometem abandonar o Tratado sobre Comércio de Armas (TCA). O anúncio foi feito pelo presidente norte-americano, Donald Trump, em reunião da Associação Nacional do Rifle (NRA), ocorrida que em Indianápolis (Nordeste dos EUA), na sexta-feira (26).   “Jamais deixaremos que burocratas estrangeiros pisem nas liberdades garantidas pela segunda emenda” da Constituição, ressaltou Trump ao comunicar sua intenção. O tratado visa pôr fim ao comércio ilícito de armamentos e equipamentos para finalidade não autorizada.  De acordo com o termo, são proibidas exportações de armamentos caso haja conhecimento de uso contra civis, em crimes... .saiba mais...

  • Brasileiros participam de buscas após novo ciclone atingir...

    Catorze bombeiros da Força Nacional embarcaram para a cidade de Pemba.


     Catorze bombeiros da Força Nacional de Segurança Pública que estão em Moçambique embarcaram para a cidade de Pemba, no norte do país. A região foi atingida na última quinta-feira (25) pelo Ciclone Kenneth. Conforme o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a equipe vai ajudar nas ações de busca, salvamento e resgate.   Os demais integrantes da Força Nacional enviados a Moçambique permanecem em Beira, dando continuidade aos trabalhos iniciados na região.  A passagem do Ciclone Kenneth pelo norte de Moçambique provocou, pelo menos, duas mortes e causou grandes estragos. Autoridades moçambicanas informaram ... .saiba mais...

  • Coletes amarelos protestam na França contra políticas de...

    Na cidade oriental de Estrasburgo, perto da fronteira alemã, a polícia usou gás lacrimogêneo para impedir que uma multidão se dirigisse ao prédio do Parlamento Europeu.


     Manifestantes vestidos de coletes amarelos protestam nas principais cidades da França neste sábado, pela 24ª semana consecutiva, contra as medidas política econômicas do presidente francês, Emmanuel Macron.  Em Paris, milhares de pessoas participaram de duas manifestações pacíficas. Na cidade oriental de Estrasburgo, perto da fronteira alemã, a polícia usou gás lacrimogêneo para impedir que uma multidão se dirigisse ao prédio do Parlamento Europeu. Em sua resposta ao movimento, Macron anunciou cortes de impostos para a classe média de trabalhadores e planos para fechar faculdade de elite da França. Ele contou que continuaria... .saiba mais...

  • ONU: 21 migrantes venezuelanos estão desaparecidos no mar...

    Autoridades de Trinidade e Tobago afirmaram que que quatro pessoas foram resgatadas com vida em um esforço conjunto de busca e resgate incluindo socorristas venezuelanos.


     A agência da Nações Unidas para Refugiados (Acnur) manifestou sexta-feira (26) preocupação com a situação de ao menos 21 venezuelanos desaparecidos após o naufrágio de um barcos em que eles estavam no mar do Caribe, em uma rota entre a Venezuela e Trinidad Tobago. ”Esse trágico incidente evidencia os riscos extremos de jornadas marítimas e outros movimentos irregulares de travessia de fronteiras utilizadas por refugiados e migrantes. Também ressalta o desespero dos que são obrigados a fugir de suas casas e as extraordinárias dificuldades enfrentadas em sua jornada”, contou a Acnur,... .saiba mais...

Política

Combate à Corrupção é tema de evento...

Política

“Em briga de homem e de mulher,...

Política

Governo de Goiás fará parceria com a...

or
or