Cultura

  • Fotógrafa premiada Roberta Montagnini narra vivências de 13...

    A fotógrafa brasileira Roberta Montagnini, que figura entre os profissionais mais renomados de fotografia Fine Art na Europa, inspira mulheres com seu novo trabalho no projeto internacional "The Traveling Dress"...


    Roberta Montagnini / MF Press Global   Roberta Montagnini coleciona importantes prêmios, como The Portrait Masters, WPPI (Wedding & Portrait Photographers International), Rise International e SWPP (Society of Wedding and Portrait Photographers). Recentemente, a profissional ganhou o primeiro e o segundo lugares na categoria de Retrato Individual e outra imagem também foi vice-campeã na categoria Ilustrativa no WPPI, que é o maior e mais importante evento para fotógrafos e videomakers profissionais, amadores e emergentes no mundo, realizado anualmente nos Estados Unidos.    Sobre o novo projeto   A finalidade do ensaio “O Vestido Viajante” é... .saiba mais...

  • Caiado dá posse ao novo secretário de Cultura

    Governador destacou que Adriano Baldy tem trânsito em Brasília, para atrair investimentos, e pediu atenção para o desenvolvimento de projetos nas regiões mais carentes do Estado


    Fotos: Octacílio Queiroz   A Secretaria Estadual de Cultura tem novo titular. O governador Ronaldo Caiado deu posse, nesta sexta-feira (29/11), a Adriano Baldy para o comando da pasta. A solenidade foi realizada no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, onde o chefe do executivo estadual pediu ao novo auxiliar que trabalhe fortemente no resgate da cultura porque ela se entrelaça fortemente com todas as secretarias do governo. No discurso, Caiado disse que Adriano terá total autonomia de ação, mas pediu que dê atenção especial às regiões mais carentes. “Vamos ampliar cada... .saiba mais...

  • Enaltecendo os ‘Ritmos Brasileiros’, Semeando Cultura apresenta espetáculo...

    Passeando por todas as regiões do país, apresentação de ballet e música será no sábado (07/12)


    Ciente da importância do acesso à cultura de qualidade, o projeto Semeando Cultura promove, desde 2014, eventos regulares e gratuitos que estimulam a cultura e capacitam crianças e adolescentes nas artes da dança e música. Para consagrar um ciclo tão rico como o deste ano, o espetáculo traduz em som e movimento os vários ritmos do Brasil. A apresentação é gratuita e acontece no Auditório Prof. Paulo de Bastos Perillo – na UFG, dia 07 de dezembro (sábado), à partir das 20h.   “Os alunos estão estudando esses ritmos desde o início do ano.... .saiba mais...

  • Fotojornalista destaque na Academia Russa de Artes expõe...

    Carolina Tulim apresenta fotografias feitas na Ásia Central no Lowbrow e no CCBB Brasília


    FOTOS: CAROLINA TULIM   Fotojornalista destaque na Academia Russa de Artes expõe em Goiânia e Brasília Carolina Tulim apresenta fotografias feitas na Ásia Central no Lowbrow e no CCBB Brasília Após ser selecionada pela Academia Russa de Artes - a mais antiga e importante escola superior do segmento no país eslavo, sediada em Moscou - a jovem fotojornalista Carolina Tulim, em viagem ao Brasil, promove exposições completas que retratam as suas andanças pela Ásia Central em eventos em Brasília e Goiânia. Na capital goiana, o evento será realizado na próxima quarta-feira (27), a partir das... .saiba mais...

  • Para comemorar seus 23 anos, Grupo Solo estreia...

    “Nem a morte nos separa” é uma tragicomédia teatral dançante sobre a vida em sua finitude, alegrias e agruras


    Fotos: Layza Vasconcelos   Novo trabalho, que envolve dança e teatro, leva o tema da morte para o palco com leveza e criticidade. Espetáculo dirigido por Lázaro Tuim (Cia de Teatro Nu Escuro) percorrerá 6 espaços públicos de Goiânia. Dança e teatro se encontram no novo espetáculo do grupo Solo de Dança. “Nem a morte nos separa” tem estreia no sábado, 23/11, na Praça do Crimeia Leste, às 17h, e não tem cobrança de ingressos.   O novo trabalho do grupo leva o tema da morte ao palco de forma alegre, reflexiva e crítica. O espetáculo... .saiba mais...

  • Espetáculo teatral sobre maternidade e morte será encenado...

    “FETO: o experimento de uma tragédia” acontece nos dias 15 e 16 de novembro e traz uma apresentação que envolve teatro, dança e performance


    O Espaço Sonhus recebe nos dias 15 e 16 de novembro, a partir das 20h, o espetáculo “FETO: o experimento de uma tragédia”, que envolve teatro, dança e performance. A apresentação busca questionar assuntos que muitas vezes são guardados e afogados dentro de cada pessoa. Os ingressos, que custam R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia, podem ser adquiridos no site Sympla ou na bilheteria.   A ação é o primeiro capítulo de um conto de terror ficcional que quase beija o biográfico. É o primeiro espetáculo da Trilogia de morte,... .saiba mais...

  • Livro Empreendedora de Alta Perfomance de Goiás

    Evento de lançamento do livro Empreendedoras de Alta Performance de Goiás aconteceu dia 11 de novembro no Espaço ESUP


      Empreendedoras de Alta Performance de Goiás Editora Leader lançou Empreendedoras de Alta Performance de Goiás Obra faz parte da coleção que terá um livro de cada Estado brasileiro O livro Empreendedoras de Alta Performance de Goiás é o registro dos legados e trajetórias de mulheres que realizaram seus sonhos em diversos setores. São 26 coautoras, das áreas de educação, estética, moda, comércio, Coaching, gestão, saúde, entre outras. Ao longo de seus relatos, mostram sua força de vontade, garra e muito trabalho, ao vislumbrar oportunidades de negócios ou carreira. As histórias... .saiba mais...

  • Livro aborda o racismo pelo viés da psicologia

    Abordar e refletir sobre o racismo no Brasil através de uma perspectiva psicológica. Essa é a proposta do livro “A psicologia e a essência da negritude”, de autoria das psicólogas...


    Livia Marques e Ellen Senra - coautoras   A obra trata de temas delicados da população negra, que são pouco discutidos e, infelizmente, normalizados pela sociedade. Com o objetivo de promover um diálogo e instigar o leitor à reflexão. A ideia é também tornar o assunto mais próximo da sociedade, mostrando que há profissionais interessados, engajados e preparados para ouvir, principalmente, aqueles que sofrem com isso.   Para as autoras, a obra traz para o leitor uma abordagem psicológica de forma “descolonizada” sobre o racismo no país. “Falamos da infância, da adolescência e do ‘tornar-se... .saiba mais...

or
or