Economia

  • Veículos que vão a leilão já podem ser...


    Os interessados em adquirir equipamentos náuticos, automóveis, caminhões e motocicletas, por meio de leilão público a ser realizado pelo Governo Estadual,  já podem avaliar os bens, na sede da Leilões Brasil, que fica na BR 153, km 17,  em Aparecida de Goiânia. O leilão será no próximo sábado, dia  23, a partir das 9 horas. .saiba mais...

  • Vendas de carros importados caem 31%


    A quantidade de carros importados vendidos no país em fevereiro totalizou 7,18 mil unidades, 31,1% a menos do que o registrado no mesmo mês do ano passado e 16,7% inferior à quantidade comercializada em janeiro de 2013. Os dados, divulgados são da Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva). A queda em fevereiro, segundo a entidade, pode ser explicada pelo menor número de dias úteis. “Podemos observar que apesar das vendas de fevereiro terem sido menores que as de janeiro de 2013 nos volumes totais, nossas médias diárias... .saiba mais...

  • Pauta do grupo soja tem queda de 6,12%


    Entrou em vigor, novos valores referenciais para cobrança de ICMS do grupo soja comercializado em Goiás. Levantamento da Gerência de Informações Econômico-Fiscais, realizado de 4 a 8 de março, aponta que os produtos do grupo soja caíram 6,12%. Esta é a segunda queda consecutiva este ano. A soja em grãos, saca 60 quilos, passou de R$ 59,18 para R$ 55,56. O grão de soja oriundo de campo de sementes passou de R$ 1,17 para R$ 1,00 o quilo, redução de 14,53%. .saiba mais...

  • Mercedes reduz preços em até 20% no Brasil


    A Mercedes-Benz divulga a nova tabela de preços com reduções de chegam a 20%, no caso da linha de esportivos da AMG. Por enquanto, antes da chegada do novo Classe A, no mês que vem, o modelo mais em conta da marca é o B 200 Turbo, que teve uma redução de 9,49% e passou a ser vendido por R$ 104.900.O sedã  Classe C 180, veículo mais vendido da marca no Brasil, agora tem preço sugerido de R$ 121.900,  valor que representa uma diminuição de 12,8% em relação ao cobrado... .saiba mais...

  • PIB goiano cresce 3,8%


    Na manhã de ontem, 15, o secretário de Gestão e Planejamento, Giuseppe Vecci, divulgou os números do PIB Goiano. Alavancado, sobretudo, pelo setor agropecuário, o Produto Interno Bruto (PIB) estimado de Goiás cresceu 3,8% em relação a 2011.Os números, calculados pelo Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB), retratam o momento de forte crescimento da economia goiana, que também atingiu os setores da indústria e de serviços. Giuseppe Vecci explicou o crescimento dizendo: “Nós tivemos um crescimento de 3,8% em nosso PIB, que, se comparado ao brasileiro (0,9%) –... .saiba mais...

  • Custo da doméstica pode subir até mais de...


    A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou no último dia 13, a ampliação dos direitos trabalhistas dos empregados domésticos, igualando-os aos demais trabalhadores. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 478/10 garante direitos como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), jornada de oito horas diárias e hora extra. Depende só do plenário do Senado para virar lei, o que deve acontecer ainda neste mês. Sua aprovação, porém, deverá representar um custo extra para o patrão de R$ 1.573,71 por ano, segundo cálculos do advogado Alexandre de... .saiba mais...

  • Desoneração da cesta ainda não chegou nas prateleiras


    A redução de impostos para produtos da cesta básica, anunciada pela presidente Dilma Rousseff na última semana, ainda não foi sentida pelos consumidores. A expectativa é que as mudanças cheguem na ponta do consumo dentro de duas semanas, afirmou ontem o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Fernando Teruo Yamada. Segundo ele, parte do repasse da desoneração depende da indústria.“Esse benefício vai ser repassado para o consumidor à medida que o estoque for renovado”, afirma o diretor comercial do Super Nosso, Rodolfo Nejm. A expectativa é que o preço... .saiba mais...

  • Brasileiro é onerado mais por consumo que por...


    Além de ter uma das maiores cargas tributárias do mundo, o Brasil é um dos países mais injustos na hora de cobrar impostos de seus cidadãos. Os brasileiros são mais onerados sobre o que consomem do que sobre sua renda. O problema é que um tributo cobrado na compra de determinado produto ou serviço pesa proporcionalmente mais no bolso do cidadão pobre do que no do rico. Já a tributação sobre a renda ou patrimônio é mais justa, pois varia segundo a capacidade que cada um tem de contribuir. Cálculos feitos... .saiba mais...

Cidades

No ‘berço das águas’, Goiás tem pesquisa...

Cidades

Projeto Logística do Bem facilita doações para...

Cidades

BRK Ambiental promoveu curso “Multiplicadores do Saneamento”...

Cidades

Um Sonho Holandês: Inauguração da Cidade Zaandam

Variedades

Thanksgiving: saiba como a data é celebrada...

Variedades

Saiba quais documentos não devem ser jogados...

Variedades

8ª edição do Relax na Medida oferece...

Variedades

Cia da Natureza realiza parceria com o...

Educação

Inovação e educação digital são apostas para...

Educação

Professor de Química dá dicas importantes para...

Educação

Ministro Marcos Pontes enfatiza a importância do...

Educação

MEC quer ampliar oferta de cursos na...

Política

Horário eleitoral gratuito começa hoje nas cidades...

Política

Goiás registra 353 ocorrências de crimes eleitorais...

Política

Para fazer tudo certo na urna, eleitor...

Política

Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake...

Economia

Consultoria Capco abre 100 vagas na área...

Economia

Holding familiar rural lança sua marca e...

Economia

Nova Câmara de Conciliação pode ajudar a...

Economia

Blackfriday 2020: 5 estratégias para vender mais

or
or