”Nosso governo priorizará os 50 municípios mais carentes”, afirma Caiado
or